Como Plantar Terminalia catappa (Chapéu de Sol / Sete Copas) Árvore, Como Plantar

1


Como Plantar Terminalia catappa (Chapéu de Sol / Sete Copas)

A Terminalia catappa, também chamada amêndoa, amendoeira, castanheira, anoz, árvore-de-anoz, castanholeira, coração-de-nego, “aumenda”‘ (no Maranhão), castanhola, sete-copas, chapéu-de-sol, guarda-sol, terminália, figueira-da-índia (em Angola) e caroceiro (em São Tomé e Príncipe) é uma árvore de grandes dimensões que pode atingir 35 metros de altura. É típica de regiões tropicais. Especula-se que sua origem esteja na Índia e na Nova Guiné.

É muito comum por todo o Brasil, especialmente na Região Sudeste, pois gosta do calor para se desenvolver. Também é extremamente comum em regiões praianas. Em Santos, no estado de São Paulo, seu fruto é conhecido como cuca. No estado do Espírito Santo, os frutos são chamados de castanhas e a árvore é conhecida como castanheira, ou popularmente, sete copas.

Tem a copa bastante larga, fornecendo bastante sombra, as folhas são ovais não acuminadas, de consistência coriácea, agrupadas ao redor do ramos e as flores são brancas bem pequenas, em inflorescências do tipo racemo, surgindo nas axilas das folhas e sem importância ornamental.

Além de suas qualidades ornamentais, tanto seus frutos como amêndoas são comestíveis. Das amêndoas ainda se extrai um óleo fino, utilizado na preparação de pratos especiais e na fabricação de remédios caseiros. As folhas ricas em taninos, flavonóides, fitosteróis e outros princípios ativos são aproveitadas em medicamentos fitoterápicos e no tratamento da água de criação de peixes. A árvore ainda produz madeira de boa qualidade, dura, avermelhada e resistente à água, que é utilizada no fabrico de móveis, canoas, moirões e caixotes.


Como Plantar e Cultivar

Isoptera o famoso cupim

A Terminalia catappa pode ser plantada isolada ou em grupos e deve ser cultivada sob sol pleno, em solo leve, aerado e arenoso, bem drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano de implantação da muda.

A árvore pode ser encontrada em hortos e floriculturas na altura padrão de 1,80 até 2,50 m e deverá ser plantada com a adição de insumos, como composto orgânico, adubo animal de curral bem curtido e elementos particulados (areia grossa, cascas de pínus e composto de folhas oriundas de podas), na proporção de 3:1:1.

É recomendável acrescentar 100 g de fosfato natural de rochas ou farinha de ossos calcinada e preencher as laterais da cova, colocando um pouco no fundo, acomodando o torrão e colocar o tutor de estaca de eucalipto adquirido também em hortos.

Amarre o tronco ao tutor, com formato em oito para evitar estrangular a muda e monte a borda ao redor da muda com 30 cm de distância do tronco.

Para o bom desenvolvimento da muda é necessário que seja irrigada durante 10 dias em que não houver chuva e nos dias quentes, garantindo a sobrevivência dela. A amendoeira perde suas folhas no inverno, ganhando sua forma original nas épocas de sol.

A poda deve ser feita com cuidado, para não descaracterizar a copa. Apenas os ramos doentes, secos e malformados devem ser removidos.

O florescimento ocorre na primavera e os frutinhos elípticos produzidos são do tipo drupa, com sementes oleosas comestíveis.

Como Plantar Terminalia catappa (Chapéu de Sol / Sete Copas)
0 votes, 0.00 avg. rating (0% score)

Leave a Reply