PLANTAR

Plantar Global

Como plantar Samambaia

Como plantar Samambaia

Os fetos, fetas, samambaias são plantas vasculares que não produzem sementes – reproduzem-se por esporos, que dão origem a um indivíduo geralmente insignificante e de vida curta (o protalo), que por sua vez produz gâmetas para dar origem a uma nova planta. As plantas totalmente desenvolvidas são formadas por um caule, normalmente um rizoma. As folhas, chamadas frondes neste grupo, são muitas vezes compostas ou recompostas, ou ainda em forma de língua e possuem, na sua face inferior (ou abaxial), pequenos órgãos chamados soros, que contêm os esporos.

As samambaias são cultivadas geralmente à meia sombra, solo levemente úmido, rico em matéria orgânica e os substratos devem ter uma composição de: composto orgânico completo, areia e turfa.

O composto orgânico completo é feito de resíduos vegetais de poda e cascas de frutas, hortaliças acrescentando adubo animal de curral curtido, areia e terra.

Para suplementação poderemos usar uma colher de sopa de adubo granulado tipo NPK formulação 10-10-10 para uma garrafa de 2 litros de água, sacudindo bem para dissolver. Colocar no substrato da planta, evitando tocar nas folhas.

Luminosidade e Irrigação

A luz recomendável para que a planta faça uma ótima fotossíntese é de mais de 50% de sol pela manhã, porém sem luz direta, para não queimá-las. Lugares arejados também são necessários para evitar fungos, mas devem ser abrigados dos ventos fortes.

As regas devem ser frequentes, mantendo o substrato levemente úmido, mas não encharcado. Por isto, a presença da areia no substrato é fundamental, evitando que as raízes fiquem apodrecidas.

No inverno poderemos reduzir a quantidade de regas e no verão, em dias quentes poderemos colocar água no aspersor e passar uma nuvem sobre elas, propiciando o clima úmido de sua preferência.

Deixe uma resposta

PLANTAR GLOBAL Bem-vindo